Faça o seu PEDIDO DE MÚSICA

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Zeh Gustavo

Zeh Gustavo é músico, escritor e revisor. Carioca da zona portuária, reside atualmente em Cuiabá. Como autor, integrou livros coletivos, como a coletânea de contos “Porto do Rio do Início ao Fim” (Rovelle, 2012), com o texto “Comuna da Harmonia”. Em 2012 e 2014 foi um dos organizadores e curadores da programação literária e musical do FIM (Fim de Semana do Livro no Porto). Com obras de ficção e poesia em diversas antologias e premiadas em concursos literários, publicou, entre outros títulos, os livros "Contrarresiliente" (Viés, 2019), "Eu algum na multidão de motocicletas verdes agonizantes" (Viés, 2018), “Pedagogia do Suprimido” (Verve, 2013), “A Perspectiva do Quase” (Arte Paubrasil, 2008) e “Idade do Zero” (Escrituras, 2005) e “O povo e o populacro” (Cone Sul, 1998). No samba, fundou, em 2009, no Morro da Conceição, o Terreiro de Breque, pelo qual compõe e canta. Em 2012 criou o projeto Samba da Saúde, com o Terreiro de Breque. Em 2014 o projeto ganhou a adesão de outros sambistas da região, como Raphael Moreira (Sambastião) e Alexandre Nadai (Velhos Malandros). Figura constante no carnaval da zona portuária do Rio, de 2012 a 2018 foi cantor do Cordão do Prata Preta, conhecido como o Zumbi da Saúde e um dos principais movimentos responsáveis pelo ressurgimento do carnaval de rua nos entornos do Porto do Rio. Em 2013 e 2014 ajudou a remontar o grupo musical da Banda da Conceição, onde também cantou. Em Cuiabá realiza trabalhos em duos com os violonistas Ricardo Porto e Pedro Oleare, além de fazer parte do Triuaipi e organizar rodas de samba em locais como Sesc Arsenal, Metade Cheio, Mosaico Cultural, Aconchego.